Saga Ruiva [1]

Olá, gente linda! Como vão todos?
Mais um postzinho falando sobre meu cabelo! Dessa vez eu vim mostrar para vocês como foi o processo de pintura novo do meu cabelinho. Caso vocês queira ver a evolução do meu cabelo, basta conferirem esse post aqui. Como bônus deste post, vou mostrar os demais produtos que uso pra controlar a juba! Antes de começar gostaria de deixar uma coisa clara: Esses métodos funcionaram para o meu cabelo, mas cada cabelo é diferente do outro. Antes de fazer qualquer coisa no seu cabelo, faça testes de mecha e procure opiniões sobre outros produtos, ok? Vamos lá?

Em primeiro lugar, eu estava preocupada com relação a tinta. Minha vontade é ficar ruiva, mas ruiva natural, laranjinha (eu considero cabelos vermelhos como tintura fantasia, e não ruivo), mas as tintas de farmácia não estavam me agradando, e eu tinha na cabeça que tintas profissionais eram ou muito caras ou muito difíceis de conseguir. Então eu descobri um grupo no Facebook chamado Amor Acobreado, onde muitas meninas trocam experiências sobre suas “sagas ruivas”, tiram dúvidas umas das outras, falando sobre produtos e modos de aplicação. Esse grupo foi uma salvação para mim, e eu só tenho a agradecer! Todas as informações que eu relatar aqui, são coisas que eu realmente fiz, mas que eu vi nesse grupo, ou que eu fui experimentando e deduzindo.

O meu cabelo estava assim, como na foto abaixo. Estava com o Koleston 7744 desbotado (foi a tinta de farmácia mais próxima do ruivo que eu tinha encontrado), com a ox que veio na caixinha mesmo.

E uns 3 dias após a pintura, ele ficou assim (foto no sol e na sombra, respectivamente). Usei a Beauty Color Profissional 7.4 com ox de 30.

Esses são todos os produtos que eu usei/costumo usar no meu cabelo.

  1. Tintura Beauty Color Profissional 7.4 – R$7,99
  2. Água oxigenada 30 volumes Beauty Color – R$2,49
  3. Salon Line tratamento para alisamento e relaxamento – R$12,00
  4. Óleo de Hidratação e Brilho com D Pantenol – R$1,99
  5. Creme Hidratante Skala de Óleo de Argan – R$4,99
(Preços acrescentados por sugestão da Marcela, obrigada <3)

Primeira coisa foi que eu quis usar a ox da mesma marca da tintura, por que eu acho que funciona melhor, só que não tinha ox de 40 volumes da Beauty Color. Como eu achei que ainda tá muito escuro meu cabelo, próximo mês eu vou usar a ox de 40 para ver se consigo abrir mais tom. Na hora do “vamos ver” eu primeiro fiz o procedimento de relaxamento do meu cabelo, que eu faço de 3 em 3 meses. Ele é de farmácia, é mega baratinho (R$12,00) e funciona extremamente bem! Eu tenho que fazer ele antes da tintura por que, se você fizer depois, a tinta vai sair toda, pode parecer óbvio para algumas pessoas, mas para mim não era na primeira vez que eu apliquei, então prefiro informar isso.

O cabelo fica assim com o produto. É super difícil aplicar, dá bastante trabalho, mas o processo em si é bem rápido.

O kit vem com esse potinho com a pasta branca, um líquido ativador, que você mistura nessa pasta, e um shampoo para remover o produto do cabelo. No meu caso eu deixo uns 15 minutos agindo, e tento aplicar em no máximo 10 minutos. Depois de enxaguar, você pode sentir o cabelo meio pesado e elástico, mas eu vi que é normal. Logo depois eu uso esse óleo com D Pantenol, dou uma escovada no cabelo e o aspecto dele já melhora uns 80%. No dia seguinte ele fica lindo.

Para vocês perceberem como realmente funcionou comigo, confiram o post sobre a “Evolução do meu cabelo“.

Então, como eu não sou tão maluca assim, esperei uns 3 dias para pintar o cabelo. Infelizmente eu não tirei foto do processo, por que eu estava sozinha. Como o meu cabelo está muito grande (cortar ele pela metade está nos meus planos), eu usei “receita” dobrada.

Outra informação que alguns podem achar inútil, mas como foi surpresa pra mim, eu prefiro contar, é que a tintura cobre, quando você mistura com a ox, fica roxa. Eu levei um susto na hora, mas é normal ficar em tons de roxo. Bem, a aplicação foi normal e rápida, mas eu decidi deixar bastante tempo no cabelo, uns 40 minutos. Com o restinho da mistura, eu decidi pintar as sobrancelhas, mas tem que ter muito cuidado! Eu passei a tinta e fiquei vigiando, quando eu vi que já tinha pegado a cor, eu removi, por que, né, ninguém quer ficar sem sobrancelha. Isso deu uns 10 minutos.

E, logo após, a cor ficou assim! (Fotos com flash e sem flash, e da sobrancelha, respectivamente, logo após o procedimento)

E esse foi o início do novo processo. Eu confesso que fiquei muito feliz! Mesmo o tom do ruivo ainda não estar tão aberto quanto eu queria, eu simplesmente amei a cor e o resultado. Agora o próximo passo é passar anilina laranja (falo sobre em um próximo post) e, no próximo mês, tentar abrir mais o tom do cabelo.

E eu gostaria de deixar mais uma vez claro: Todas essas coisinhas funcionaram para o meu cabelo, e depois de muita pesquisa e testes de mechas. Não significa que vá funcionar com o seu então, sempre faça o teste de mecha e procure opiniões sobre outros produtos!

Alguém tem alguma dica? Quer dividir sua experiência? Deixe nos comentários! 😀

Anúncios

3 comentários sobre “Saga Ruiva [1]

  1. Pingback: Cortei o cabelinho! | The Adventures of Little Dragon

Vamos conversar! Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s